cauby
Cinema | 2013

FICHA TÉCNICA


Direção : Nelson Hoineff
Produção e Pesquisa : Selma Regina
Montagem : Rodrigo Pastore
Direção de Fotografia : Rafael Boccanera
Produção Executiva : Patrizia Landi




A vida é feita de ciclos e numa linha cronológica estabelecida na carreira de Cauby esses ciclos
ficam evidentes. Sua trajetória começa nos anos 60 e passa por diversas fases que se renovam através da arte, como por exemplo, sua ida para o exterior; a volta ao Brasil; e inúmeras situações que fazem de Cauby um artista cultuado indistintamente por várias gerações.

Com um timbre invejável e uma voz impecável, Cauby construiu uma figura estética emblemática e única, interpretando desde samba a MPB, de bossa nova a rock. É considerado o maior cantor do Brasil por artistas como Agnaldo Rayol e Elis Regina.

Na era do rádio, Cauby arrastou multidões de fãs apaixonadas, sempre tomando cuidado para que sua vida particular não interferisse na imagem que construiu ao longo do tempo. Nos anos 70, mudou radicalmente o visual em conseqüência do encontro com Ney Matogrosso, tornando-se um personagem extravagante. O ar mítico que envolve a figura de Cauby se reflete em shows lotados, platéias acaloradas e fãs inveterados que acompanham seus passos e o idolatram como se fosse uma divindade da música popular.


REDES SOCIAIS
COMALT
Rua Barão do Flamengo, 32 - 3° andar
Cep 22220-080 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil
+55 (21)2558-8606 / (21)2285-6347